Nada como uma boa noite de sono depois de um dia cheio. Para o nosso cérebro, dormir significa fazer uma faxina, é a forma de reativar os processos do seu organismo. Por isso, quando você não cuida desse momento, a produtividade no trabalho diminui, o cansaço vem e não dá vontade de fazer quase nada. Porém, com algumas mudanças na rotina você pode tornar o seu sono mais saudável e melhorar a sua qualidade de vida. Dá uma olhada:

Crie uma rotina (de verdade): dormir e acordar sempre no mesmo horário, inclusive em fins de semana e feriados, gera tranquilidade e ajuda a programar o cérebro.

Ache passatempos para relaxar a mente: invista em atividades passivas, de modo que você possa se desligar das preocupações diárias. Experimente um banho morno, uma leitura tranquila ou ouvir música relaxante no fim do dia. Se você gosta de incenso ou velas, vale apostar nelas para perfumar a casa e trazer novas energias para o ambiente.

8849 - Interna 600x500px3
Prepare o lugar para dormir:
tenha um colchão confortável, travesseiros certos para a posição que você dorme e uma roupa de cama aconchegante. Ah, você pode apostar em cortinas blackout para bloquear a entrada de luz pelas janelas e ainda controlar os ruídos e a temperatura. Quando o sol se pôr e começar a escurecer, diminua a quantidade de luzes ligadas pela casa para sinalizar para o corpo que o seu ritmo já pode começar a diminuir e é hora de descansar.

8849 - Interna 600x500px (1)

Aposte em exercícios físicos: é verdade que aquela corridinha no fim da tarde é essencial para dormir bem? Sim! A prática de alguns exercícios liberam endorfina, substância responsável pelo relaxamento e melhoria do sono. Pode colocar a atividade na agenda, só evite praticar algo muito radical depois das 18h pra não gerar adrenalina e causar o efeito reverso.

Cuidado com a alimentação: opte por ingredientes ricos em serotonina – neurotransmissor responsável por sensações de bem-estar e relaxamento: carnes magras, peixes, leites, iogurtes desnatados, nozes, bananas e leguminosas podem entrar no cardápio, de preferência no do jantar e na ceia. Aumentar a ingestão da melatonina – presente em alimentos como abacaxi, uva, aspargos – também é importante, já que ela é responsável por preparar o corpo para realizar as atividades diárias, como dormir, por exemplo.

Nada de distrações à noite: os aparelhos eletrônicos devem ser evitados após às 22h e durante o jantar. Os estímulos visuais de luz bloqueiam a síntese de melatonina, o hormônio responsável por garantir uma boa noite de sono.

Pequenas mudanças na sua rotina fazem total diferença no seu sono e, consequentemente, no dia seguinte, deixando o seu corpo e a sua mente mais descansados e ativos para as atividades. ;)